sábado, janeiro 31, 2009

Pensamentos da Madrugada

Memórias Desconjuntadas


Ando pensando muito em mim, as vezes isso até me envergonha. Todavia, bater a poeira faz parte, no geral sempre fui pouco atento as minhas grandes questões. Ser grande sempre foi uma delas. Grande demais, fora de escala. Agora, dei minha cartada final, desisti de remédios e fórmulas, estava pesado demais pra aliar exercícios moderados a um plano alimentar para redução de peso. No lugar disso estirpei o estomago e parte do intestino. Radical? Sim, numa situação desesperadora, haja desesperadoramente. Estou quarentão, na melhor das hipóteses na metade da vida. Não iria conseguir chegar aos cinquenta na toada que estava.

Eu tenho pais gordos, minha mãe me colocou no judô preocupada com isso na minha primeira infância. Depois ela saiu de cena e por volta de 8 anos de idade eu era um garotinho megaobeso. Fiz meu primeiro acompanhamento médico a partir daí. Desde então eu escuto q exercícios e dietas deveriam fazer parte da minha vida para sempre. Vaticinado eu fui, e sempre alternei momentos de alinhamento e ortogonalidade a estes conselhos. Nunca leve, tenho mais de 100 Kg desde o fim da adolescência. Sempre gostei de lutas, a melhor de todas eu descobri com 20 e poucos anos, o Jiu-Jitsu. Ela é a amante completa, plenamente exigente de corpo e mente, mas revigorante e alimentadora de sua auto confiança. Se eu tivesse me mantido em seus braços fielmente, não teria chegado aonde cheguei. Ela exige oxigenio, força, rapidez de pensamento e motricidade afiada. Além disso o círculo de amizades é muito importante. Enfim, a receita básica de exercícios e dieta sempre foram claros na minha cabeça, mas nem sempre correlacionaram-se durante a minha vida. Eu poderia dizer que com exercícios apenas vc consegue manter um patamar de peso, mas apenas dieta não salva ninguém. (continua....)

--------------------------------------------

Estou começando a entrar nos alimentos comuns, como pouco, muito pouco mesmo. sei que devo aliar exercícios sérios a minha rotina, estou incorporando isso. Meados de fevereiro tenho outro encontro com meu médico e quero ver o que consigo detonar até lá. Suar é preciso.

Tenho usado alimentos integrais e descobri mais um probleminha, eles estragam facilmente, mesmo na geladeira o arroz integral vira cerveja rapidamente. Tenho cozinhado em panelas pequenas, mas como duas, tres colheres de sopa de arroz por dia... vou pensar seriamente em um buffet natureba daqui por diante.

sexta-feira, janeiro 30, 2009

Côres



Uma coisa muito legal de quem volta a escala humana é o de utilizar roupas comuns. Todo gordo é limitado a duas ou três lojas de roupas de padronagem duvidosa.

Um claro objetivo é ter um buzanfan Citycol, pra poder comprar roupas na Feirinha de Teresópolis.

Gordo geralmente é condenado a roupas escuras ou a andar como almofadão estampado, não há meio termo. Além disso, gordo é uma desgraça para processos industriais, já que as panças, bundas e coxas crescem de varias maneiras. Tem os toróides, os oblatos, os prolatos, os peróides, os abobrões e vários outros corpos obtusos e plenos.

Cuecões sofrem, eles ficam na última fronteira da moralidade, suportam suores, humores e as nefastas badalhocas. Só gordos sem noção utilizam as cores claras nesta situação. Sexy? Esqueça. Cuecão é funcional, escura e fresca.

Como dito anteriormente, to entrando no GG, já detonei 30 Kg e descendo. Já arrisco camisas laranjas e estampas duvidosas, é válido bom gosto também é hábito. Normalmente eu teria como opção camisas pretas, azuis marinho e uma ou outra coisa escura fora dessa norma. Tudo liso e sempre mal ajambrada.

Essas coisas ajudam a seguir na dieta.

Grande FDS a todos!

quinta-feira, janeiro 29, 2009

Ciclotímico


Todo compulsivo também possui a ciclotimia em diferentes tons. O que me defende é a ironia. Não me permito chegar a níveis baixos de miserabilidade de estima própria, simplesmente por começar a rir de algumas situações. Qdo alguém de seu convívio lhe ajuda a ver isso, é uma benção.

Esta semana eu to tentando comer mais normalmente, fiz um omeletinho e não comi metade. Passei mal, mas segurei e não voltou. Foi um dia miserável, fiquei enjoado e não comi mais nada.

Conversei isso com meu Pai e fui chamado atenção, eu deveria aceitar isso e parar de reclamar. Bem, pra variar o velho esta certo. Voltei pra casa e me organizei. Como? Pré preparei minha refeição para o dia seguinte. Temperei uma PTS com tudo q tinha direito, inclusive com cogumelos (além disso, cebola, alho, salsa e malagueta desidratados com limão e um pouco de shoyu).

Acordei no dia seguinte, dei uma caminhada e voltei pra casa. Comecei a rever umas anotações e dei uma queimada num texto de encomenda. Quando chegou a hora preparei meu almoço, purê de inhame (com repolho escondido), macarrãozinho argola e a carne de soja temperada na noite anterior.

Uma colher de sopa de cada, no prato desceu redondo. Tranquilo, sem problemas.

Acredito cada vez mais que estas mudanças que estou vivendo são realizadas por minhas atitudes, cada vez mais corroboram com a idéia de novos horizontes, novos métodos. Nào existem caminhos de volta. Nào existem soluções compostas com o modelo de vida anterior. Isso claro, se o ojetivo realmente for uma nova realidade.

Sem melodramas e banzos, sem espaço pra lamentações.

PS: Gordo é complicado mesmo, depois de escrever o texto acima, fui fazer um belisco e quase caí em contradição instantanea. Acabei jogando o replay fora, por dois motivos, um pela contradição e o outro é pq seria ridículo passar mal agora por glutonismo, mas o reflexo ta aí, mudá-lo é complicado. Atenção e respeito aos demonios a minha volta!

terça-feira, janeiro 27, 2009

Mal Estar


Tenho tido muitas dificuldades em comer. Depois de quarenta anos encaro estes problemas. alguns alimentos parecem gesso, na segunda garfada o estomago infla, o esofago seca e a terceira garfada fica impossivel. Este é o pior cenário. Algumas outras vezes a porção desce, mas desce mal, o estomago fica incomodado, as glandulas salivares super ativas e engolir a saliva acelera o inevitável: vômito!

Essa rejeição acontece cm alimentos específicos, mas a lista tem aumentado. Fiz uma sopa seca com macarrão argola e voltou. O engraçado q basicamente foi uma sopa com menos água e mais macarrão. Voltou. Peixe cozido, PTS e bacalhau tbem bateram mal. Sempre utilizando temperos naturais e zero de óleos ou gorduras.

Ainda não comi nada feito em padaria. Pães, biscoitos e obviamente embutidos e salgados. Nào pretendo tão cedo voltar a comer estas coisas. Tenho receio de acordar o espírito comedor de padoca. Apesar de saber que o estomago novo garante uma pequena ingesta, o que importa é a qualidade e o balanço energético no final do dia. O que eu comia em 10 minutos, posso comer em uma hora e no final acumulará banha do mesmo jeito.

Tenho me hidratado corretamente, faço a barba todos os dias e tenho me esforçado em manter foco em outras coisas fora da cozinha. Não é fácil, ninguém falou que seria.

Logo mais tem encontro com o grupo de apoio do meu Médico. Já comentei aqui a importância destes encontros. Reafirmo isso.

Um abraço.

domingo, janeiro 25, 2009

Novos Ingredientes


Eu estou há algum tempo sem falar de comida por aqui. Já disse que as coisas mudaram na dieta, basicamente continuo comendo sopas, apenas parei o processamento posterior ao preparo. Nada de mixers ou peneiragens. Além dissodescobri aliados ao preparo, temperos e condimentos secos: tomates, salsa, ervas finas, tomate, cebola, cogumelos entre outros. Funcionam, incrementam o sabor e agilizam um pouco as coisas no preparo, além é claro de serem saborosos. Note é alimento seco, não em conserva. Óleos e gorduras ainda tendem a zero na minha dieta.

Outra coisa q descobri foi o leite de soja light sabor chocolate, poderia se chamar de sdruvs marrom de soja, pois não tem nada alem de cor e cheiro de chocolate, Não tem gosto de chocolate não, mas o sabor não é ruim. Tenho usado para preparar meu blnd de proteinas manhã e noite.

Ainda no quesito dry food, tenho usado também frutas secas, o Damasco é um excelente companheiro. Ainda erro na mão na hora de comprar coisas in natura, mangas e aipim estragam facilmente, mesmo na geladeira. As frutas secas sempre fizeram minha cabeça. Apenas nunca duraram tanto aqui em casa, um potinho ta rolando direto aqui, como de dois a tres damascos por dia. Ajudam no peristaltismo e exercitam as mandibulas, pois precisam ser muito bem mastigados.

A densidade das sopas aumentou, viraram algo além do mingau, quase um concretinho. As quantidades não, um copo de 200 ml um dedo abaixo da borda. Continuo congelando, mas descobri q a estrategia é não guardar muito mais q 6 potes, pois qdo a dieta avança, o gosto, a textura e os valores do período anterior não satisfazem mais.

O queijo minas e o requeijão light tbém chegaram no cardápio.

A medida de comida na rua é aolher de sopa, única: uma de arroz, uma de feijão, uma de proteína e uma de legumes. Já comi algumas vezes em bufet e um prato com 200 g é exagerado. consigo comer algo entre 100 e 150g no máximo. Escolha bem a proteina, pois não descem.

Outro snack q ajuda nestes dias são os ovos de codorna, um mata a fome instantaneamnte. Lembro que eu os comia sem descascá-los. Hj nem pensar nesta crocância. A quantidade? Um de cada vez, tres, quatro vezes ao dia.

Enfim, as coisas estão mudando, mas o paradigma definitivamente é outro.

Cabe lembrar que a chegada de alimentos novos demanda um gato calórico maior, ou seja vamos apertar as caminhadas, senão der pra aumentar as angulações, pelo menos apertar os tempos. Essa semana começo a marcar tempos e na outra reduzo em 5 minutos o tempo do trajeto.

Bom domingo e um abraço.

sexta-feira, janeiro 23, 2009

Cerimoniais e Protocolos



Eu moro sozinho. Tenho vantagens e desvantagens comuns a esta condição. Com relação aos bons hábitos alimentares esta balança é claramente desequilibrada.

Eu fazia minhas compras com fome de coisas gordas e gostosas. Bifes, carnes, temperos prontos, macarrão, refrigerantes, pães, embutidos, refrigerantes LIGHT e biscoitos. Eram a base das compras.

Além disso, eu preparava tudo sem cerimonia nenhuma, uma bandeja de Fraldinha de 1Kg era um bifinho, com arroz e molho de tomate com queijo. Aos domingos, comesse onde comesse, em algum momento um franguinho de padaria era fagocitado. Em media eram 2 pets de refri light por dia. E como todo glutão, estava sempre olhando a panela e não o prato feito.

Coisas de padaria eram as preliminares, aos domingos sempre rolava salgadinhos de festa: Risolis, Coxinhas e outros bolinhos, nunca menos de 200g. Qquer coisa sem luz do sol era lanche, normalmente 4 sanduiches com queijo, presunto e maionese. Nunca fui muito de doce, mas sorvete era premio. Potiho de 2 Litros é claro.
Estranhamente, também gosto de comida natural, peixes, grãos, aveias, linhaças e sucos... lógico durante a semana...e sempre muito!

Agora a coisa mudou, to morando com um estomago novo, compromisso com meu Pai e amigos e prestando contas a uma equipe muito bacana. Como pouco, na hora, de camisa e bermuda.

Nunca fui de beber sem usar um copo ou caneca.

quinta-feira, janeiro 22, 2009

O ótimo não pode estragar o bom


To tentando aprender isso. Tinha colocado como meta pessoal perder 30 Kg ate a consulta de ontem. Consegui 27.6 Kg. Meta alta, resultado muito bom. Minha Próxima consulta será dia 18.02. Quero chegar lá com mais 10 Kg eliminados.

To trocando o cardápio. mas é dureza. Confortável é beber sopas e vitaminas. Mas quem disse que o conforto é necessário?

Ainda dentro do tema do post passado, eu to usando modelitos 2003/2004. Reformei calças e bermudas, todas com rasgos de gordo: fundilho descolado e bolsos facas rasgados pedindo cerzimento. Moda que aguarde, aguardou tanto até aqui. A mim vale usar camisetas com estampa e de marcas comuns, GG - Grande e Gordo. Evoluí, tava usando EG e UG, Estupidamente Gordo e Ultrajantemente Gordo. Aliás estas roupas estão ensacadas e quero doar.

Hoje tá devagar, depois de dias de dilúvio vou dar uma caminhada.

Ah sim, eu to engolindo o Centrum inteiro com água. Nenhum problema. Com vitamina eu também já tomei, pesa um pouco mais. Traqnuilo melhor q sentir o gosto horrível do blend de vitaminas. Depois de exames de sangue, terei de encarar B12 profunda nos Glúteos. Não é um avião no reto, é injeção mesmo.

Gde abraço!

segunda-feira, janeiro 19, 2009

Sem mudar o modelo, o fracasso!


Todo mundo pensa num mundo melhor, um mundo de paz, saúde e prosperidade para todos. Pq será que em 10 mil anos de humanidade esses desejos nunca se realizaram por semanas que fosse? O fracasso está ligado a nossa incapacidade de renúncia coletiva e de mudanças de paradigmas individuais. Nos senões habitam os demônios.

Por exemplo, pensar no meio ambiente, todos querem a Amazônia e o micoleão dourado, mas discutem isso sentados em torno de mesas de Imbuia, andam em seus SUVs movidos a Diesel e por aí vai. Roupas, casas,automóveis são símbolos de riqueza, poder, conhecimento e tantas outras virtudes que se possam imaginar. Ande desbotado e em tranporte coletivo e seja bem vindo ao mundo dos dominados! Contudo essa inteligência superior verifica que é imperioso mudar: reciclar, reutilizar e reduzir. Mas quem dá o primeiro passo? Na verdade tudo tem sempre muita pose e pouca ação.

O mesmo acontece com a micromudança do obeso para o mundo magro. Tenho sentido banzo de pizzas, bifes, pães e sorvetes. Isso me deixa duplamente infeliz, no surto por razões óbvias, não posso comer por me sentir mal ou por não querer engordar para a minha próxima consulta. Passado o surto, vejo como instintos e loucuras nos impedem de alcançar paz de espírito. Num exemplo simples, restrito a uma necessidade básica como a função de comer, é fácil notar que modificar modelos simples como a vida pessoal pode ser tão complexo.

Guerra dos mundos!

quinta-feira, janeiro 15, 2009

Mudando o Cardápio


Essa semana minha dieta foi revisada, por quem de direito a Nutricionista do time.
Ganhei uma suplementação proteica e supositório de beber com vitaminas de A a Zinco, Centrum.

Além disso a ordem é começar a comer de verdade, mas as primeiras experiencias frustram. O que bate mal, parece gesso, o estomago infla, pára de descer e desistência.

Iogurte desce bacana. Sopinhas congeladas de outrora sofrem um revival. Pure de fruta também.

O Centrum eu parti ao meio e mandei de duas vezes. Não macerei nada. Escrevo mais na próxima. Grande abraço!

terça-feira, janeiro 13, 2009

Slow Food


Eu gosto de comer, além disso gosto do rango que eu faço. Sim, rango pq eu não sei cozinhar. To descobrindo isso agora. Eu sempre usei molhos e temperos prontos, maggis e ariscos da vida. Soluções de gordo, preguiçosas e rápidas. O símbolo maior desta cozinha compulsiva é o miojão. O amigão da larica, aquela fome descompensada da madrugada. Dois pacotes, é claro, agua, maionese, requeijão, mussarela, ervilhas e alho torrado. As vezes ketchup e um naco de carne ou hamburgueres, sim no plural qualquer que seja ele. Essa bomba fica pronta nuns dez minutos com duas panelas sujas. Com um reri light de 2 litros e umas paçoquinhas pra rebater. Custo de 12 a 15 reais.

Pois bem, to chegando das compras, gastei umas 80 pilas e comprei comida pra semana. Nada instantaneo, nada fast. Frutas, legumes, raízes, temperos e grãos, gastei os 80 por que comprei perfumaria e um copo novo pro meu liquidificador.

Levo uma meia hora pra fazer uma sopa bacana, com tudo picado, temperado e arrumado. A unica aceleração pemitida na cozinha é a panela de pressão. Fogo brando, sem pressa.

A gastroplastia ajuda, pq agora não dá pra beber e comer. A impressão q tenho é q terei de me adaptar a comer com sede ou beber com fome. Mais uma adaptação mental a ser feita.

A Vida é Bela!

segunda-feira, janeiro 12, 2009

Irreversibilidade


Fenômenos Irreversíveis ao contrário do que o senso comum faça crer, são os mais comuns na Natureza, por conseguinte em nossas vidas. Depois que o caldo entorna ele não volta para a jarra.
Ontem fui a um antigo templo, uma Churrascaria Rodízio. Festa de Aniversário de uma grande amiga. Uma churascaria popular zona Norte, repaginada, balcão de frios e saladas, mas no fundo com o velho intuito de vender carne assada na brasa. Cheiros bons. Junto com o fracasso da minha sopa (beterraba, cenoura e espinafre processados na centrifuga juntamente com uma batata cozida. Ficou péssimo) Tomei minha porção antes de chegar ba celebração, não estava feliz e a vontade de comer aflorou.
Chguei no lugar e os rapa pés de sempre, entrega de presentes, beijinhos e apresentações para o anonimato. Como a mesa era grande, lugar vago só bem adiante, o chão incerto se destaca. Daria pra ensaiar um walking on the moon do velho MJ. A minha volta um exército de garçons servindo carne no espeto. Com lotação esgotada, entre sorrisos e garfadas o domingo foi passando. Eu bebi uma garrafinha dágua, fiz minha social e paguei 3 reais por isso.

É sem volta e necessária uma nova postura diante da comida, não preciso de sopas intragáveis, nem tampouco de carnes espetadas comidas em fenomeno de coerência de mordidas.

É isso aí, bom dia e bola pra frente.

domingo, janeiro 11, 2009

Dormindo com o Inimigo


Eu moro sozinho, tenho vantagens que desconheço com relação a manutenção de dieta comparado aos que moram acompanhados. Todavia, o inimigo do gordo é ele próprio. A cabeça ta sempre pensando em comida. Ainda mais em dieta. O normal é pensar em comida, emagrecer e em uma ou outra fantasia peladão debaixo das cobertas.
Tem ajudado comprar e cuidar do meu próprio rango. Qdo vc pensa em movimento a coisa se desfaz. Tem sobrado espaçoem minha cabeça pra outras paradas, tipo planos de médio elongo prazo. Idéias para escrever. As fantasias peladão aumentaram. C'est bon!

Hoje completo o primeiro mês de operado. Deixei um bacon pra trás nesta jornada, mas falta muita coisa ainda. A operação é um tremendo instrumento para perder peso mesmo, só terei controle oficial dia 21, na outra semana, mas derrubei mais de 25Kg fácil. Sem papo furado, começo amanhã um programa de Hiking. Andar forte, com objetivo de voltar a subir o Alto da Boa Vista. Nos bons tempos fazia em uma hora e dez minutos da minha casa a Pracinha. Agora acredito que não chegue nemna bomba de gasolina. A idéia é caminharno plano, infelizmente rodando no Maracanã pra começar.

Escrever nesse caos me ajuda. Obrigado! Quem deixa comentários me alegra. Muito Obrigado!

sexta-feira, janeiro 09, 2009

Da série alucinações: Delivery Pizza

Churume


É uma secreção tipo água de carne, entre o pálido e o vermelho aguado. Não tem cheiro, contudo abunda.
Ainda é a coisa que mais me aborreceu. Foi o primeiro derrame que me fez usar o hot line com o staff médico. Amarelei mesmo. Felizmente, nada demais.
O problema do churume , voltou forte após a retirada dos pontos. Abundantemente.
A solução extra foi usar um absorvente íntimo sobre o curativo, nunca me senti tão seguro!
Por ora o churume parou de descer, se permanecer assim, acho que me livro do Sempre Livre. Benditas mulheres que convivem com isso mensalmente.

quinta-feira, janeiro 08, 2009

Sacrifícios?


É uma fixação, um clichê. A tradição judaico-cristã demanda que o tamanho de seus atos seja proporcional a quantidade de sacrifícios e provações envolvidos. Pessoalmente, acho isso uma balela, pois acredito muito mais que tal valoração não deveria ser ligada a dor e sim pelo bem trazido a um grupo de pessoas. Pensando assim, uma operação mesmo que ariscada como a gastroplastia, está longe de ser um sacrifício. Interessa a mim e as pessoas a minha volta. Como nepotismo não enobrece ninguém, não há sacrifícios mesmo.
Acho que o pulo do gato para esta operação começa na preparação, eu errei em envolver minha família tardiamente, demorei a ir regularmente as reuniões e consequentemente, demorei a engrenar em uma dieta regular. Fiz algumas despedidas pantragüélicas. Felizmente, me acertei no último trimestre, comecei a tomar sopas, envolvi meu Pai em consultas e reuniões de grupo.
As reuniões são muito importantes, pois ali apesar de muitas diferenças a compulsividade alimentar é comum a todos. Alguns comportamentos adictos são relatados em todos os encontros. Comprar sorvete as 2 da manhã (pote de 2l, é claro), bater um bolo e detoná-lo ainda quente, estabelecer recordes em rodízios de pizza e em cinturinha de abelha fazem parte da rotina de pessoas com delta de massa maior que 20 Kg! Quando a esquisitice lateral é compatível, estabelece um enlace, um conforto comum.
Depois de operado, não aconteceu nada muito além do comum. Minha fimose com 11 anos de idade sempre será a cirurgia mais traumática daminha vida. Quando lembro da lavagem e dos curativos nada pode ser mais doloroso.
A UTI foi o mais difícil, pois o tempo não passa lá dentro. As 12 horas ali, foram muito maiores que 72h no quarto.
A perda de peso compensa em muito as privações de comida e mastigos afins.
Pra não ficar só nas churumelas, no próximo post falo do ggde susto: o Churume!

sábado, janeiro 03, 2009

Dicas quentes e outras nem tanto


Um bom lance pra refogar alho e cebola pro resto da vida, aprendi com uma querida amiga, Shoyu no lugar de azeite ou óleo. Mais tarde quando puder consumir algum azeite, a boa é colocá-lo frio na porção de sopa. O azeite preserva suas qualidades intactas até uns 80°C, mais que isso ele satura e perde suas qualidades.

Tem um macarrãozinho Italiano Rizzoni, ele é isso massa em forma de arroz. Dá identidade e melhora a apresentação de sopas amorfas batidas ou processadas. Usei uma porção de 50 ml (copinho de café) em um litro de sopa. Boa proporção.

Comprei Farinha de Quenoa, vamos em breve experimentar este pó boliviano do bem.

Fiz uma agua suja de abóbora sem nenhum glamour, um quibebe aguado. O que salvou foi o coentro com cebolinha frescos e o tal rizzoni. Foi a iguaria deste sábado.

Preciso de peixe!

sexta-feira, janeiro 02, 2009

Descontruindo Paranóias e Compulsividades


A verdade é que todo gordo extremo tem algo de maluco. Maluco beleza ou não, é certo haver alguns parafusos, vazamentos e aquecimentos no alto de sua caixola. Eu to achando que dois lances específicos poderão me ajudar com minhas Paranóias e a compulsividade de comer. Começando pela última, o lance agora é purgar o bacon acumulado de anos, to compulsivo em perder banha o mais rápido possível sem adoecerou dar mole com complicações na minha recente operação. Até perder uns 80% do necessárioeu devo estar pleno de atividade cerebral paralela com isso. Depois disso eu não sei. Gordo é foda, fica confortável acaba se achando. Começa a descobrir gatilhos, come um lance aqui, caminha ali e segue naquela mesmice. Quebrar isso desde já é preciso, como é que são elas.

Pois bem, to pensando em cores e organização. Pq outra doideira de gordo é que ninguém no mundo pensa mais em comer que ele. Talvez rivalize apenas com marombeiros de plantão. Gordo pensa em comer na dieta e fora dela.Em poucas semanas rezam por uma casa de Pizzas em SP. Conhecem os melhores Pé sujos. Sabem esquemas para descolar um bifão. Os melhores buffets. Churrascarias então, conhecem e respeitam os templos de qualidade e preço.

Depois de operados falam em nutrientes e discutem receitas de nutrição. Pensando lógico no joelhinho da padoca, que em breve voltarão a mascar e deglutir. Quando escutam algo sobre comida tem sempre opinião. Nem o pessoal da Brizolandia anos 80 tinha tantas opiniões a dar.

Eu vou criar uma ligação entre sopas e canecas e viver por ela. Vou colocar o TOC em minha vida, vou saber onde existem as melhores raízes para ferver, onde estão os melhores suplementos e lógico as marcas de água mineral que fazem a minha cabeça.

Shoyu eu ja descobri. Na MeiMei aqui perto de casa.

Garande abraço.

quinta-feira, janeiro 01, 2009

Sistema de Mérito e Sopa Roots


Eu to criando um sistema de premiação ai pra mim. Primeiro para contribuir com o fim da crise, fazendo o $$$ circular e outro pra comemorar algo que no fundo só interessa a mim mesmo: perder peso. A cada dez Kg detonados eu compro uma caneca maneira. Ja mereci duas. Se engordar tenho de quebrar uma também. Descolei as duas aí da foto.

To fazendo uma sopa roots, segue a receita:

Suco de 2 cenouras passadas na centrífuga, complete com água ate 1200 ml
1 nhame medio
1 batata doce média
1 cebolinha em rodelas
2 dentes de alho amassados
1 punhado de feijão azuki
1 punhado de arroz integral
Coentro e cebolinha
Sal a gosto

Estilo a anterior tudo na panela, com exceção do sal, e do coentro e cebolinha. Levantou pressão fogo baixo e meia hora de chiado. Terminou,dá uma acertada no sal, coentro e cebolinha. Ferva. Processar com mixer e passar na peneira grossa. Ferva de novo. Se ja estiver alem da água rala pode pegar e bebericar seus 150, 200ml. O resto coloque nos copinhos de café descartavéis de 50ml e congele.

Abraço!

2009: Para o alto e Avante!


O que vai comer nesse ano é o couro! Em breve vou estar suando em bicas e a deflação será acelerada e bem vinda.

Estou fraco mas não estou morto.

Depois de muitos pastéis e sandubas suspeitos eu sou prova viva do que digo:

Aquilo que não nos mata nos fortalece!

Feliz 2009!

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente