quarta-feira, dezembro 29, 2010

Last at Least?


Talvez esse seja o último do ano, um ano q escrevi pouco, bem menos q deveria. Mas q tbém teve poucas variações em torno do tema, comer, exercitar e visitar o médico. Felizmente, meu peso mantém a taxa negativa de variação, com leve estagnação.

A luta contra a vontade de comer lixo vai e vem, menos q antes, mas qdo vem.

Apesar do terceiro ano consecutivo sem carne de bicho q anda e beber nada com gás, o pão com gluten ja pintou. As vezes por praticidade, as vezes por fome mesmo. Esta fome, aliás está em patamar normal. A diferença com o estado antes da operação, é q agora eu tenho um estomago q fica pleno muito mais rapido. Como eu procuro não forçar a barra, confesso q ate aprendi a deixar comida no prato. Felizmente, sou punido com vômitos, náuseas e tonteiras qdo vacilo. Um vidro de óleo aqui em casa tá durando mais de um ano, pote de qualy quase isso. Gorduragens vem basicamente de castanhas, queijos e azeite.

Hj em dia um short GG entra com folga e tranquilidade, camisas G ou 4 convivem com frouxas GG e blusões malandros 5 ou 6. Gastei uma grana apertando calças e bola pra frente. Virei cliente de brechós e zerado só compro mesmo camisas de times de futebol.

Trilhas deram uma caida de outubro pra cá, minha atividade suadoura preferida acontece na academia, spinning e musculação. Spinning como banho e musculação como arrumar a cama. Uma todo dia e outra as vezes falha.

Minha família me ajuda muito, nada de almoços de domingo.

Cinema escrito e vídeos na mente, tá faltando projeção e som síncrono nas minhas imagens.

Ando sem paciência nenhuma para gordos iguais a mim q querem saber tudo sem estudar nada. Os vídeos do tmbspikes são terapeuticos, inúteis e sem objetivo de graça com raio maior q 10cm além do meu umbigo. Meu tempo de palhaço gratuito, explicador bondoso e amigão se foram. Tenho prazeres, egoísmos e culpas como qquer outra pessoa, procuro aceitar isso um pouco melhor, só isso.

Feliz 2011.

terça-feira, dezembro 14, 2010

Rugas, cicatrizes e outros papos furados

Uma coisa q incomoda o gordo deflacionado é o excesso de pele. O manequim antes fatorial, agora é escrito em escala humana.

Roupas vc pode trocar, doar, comprar novas, apertar, recortar, pegar emprestado sei lá. A pele não. E onde haviam dois de mim, só tem eu agora. Sobra pele sim.

Por enquanto, sinceramente, não penso em operação plástica. Já falei e sigo pensando em virar um chrpei do inferno. Cheio de pregas, mas hardcore oldschool total. Folego em cima e trabalho de força começando a encarar com mais afinco.

Outra coisa é saber q o pior está sempre por vir, a operação plástica tem vários entraves. Juridicamente, tem q correr atrás de liminares e ações judiciais para a maioria dos planos. Em si, é uma operação mais dolorida q a redução, pra mim dois anos ainda é pouco para recuperar o folego de outra subida espontanea em uma mesa de operação. Além disso, apesar das controversias, tem sempre o tempo de recuperação e o risco de complicações tais como infecções e pontos arrebentados. Pessoalmente, não penso nessa operação plástica por estes dias.

Alem disso, coxas e braços tbem pediriam uma bela repuxada. Não gostaria de entrar nessa onda agora.

Vou seguir fazendo spinning, musculação e caminhadas de mendigo. O q vier adiante vai ter um caroço de aço pra cobrir.

domingo, dezembro 12, 2010

Segundo ano de vida

Ontem, 11/12/2010, completei os dois anos de operado. Muita coisa mudou neste tempo. Contudo, escrever sobre mim, meus botões e minhas arrobas perdidas diante do maremoto de fatos recentes lá fora vai muito além das minhas possibilidades de afirmação de ego.

Minha cidade cenário de guerra, na última semana de novembro. Um mes antes, eleição da primeira mulher para presidente do Brasil. Agora, escandalos por conta de documentos diplomáticos, vazados na gde rede. Entre isso e aquilo, perder 5 ou 50 Kg, parece pouca coisa.

A depressão faz parte, temos realmente de viver com ela. Faz parte do uniforme, talvez valha a pena comprar um casaco novo ou um sobretudo para cobrir, mas não dá pra esquecer q está lá.

Ao q interessa este blog, a coisa segue na mesma batida. Dieta, exercícios e regras não muito flexíveis.

Continuo achando a operação aquilo o q ela é, uma necessidade para quem precisa dela. Era o meu caso, qquer pessoa q não precise não deveria faze-la. Quase estúpido o q eu estou dizendo. Talvez superada apenas pela boçalidade de quem anda por aí engordando para conseguir operar. Tatuagens são marcas para a vida toda. Esta operação é um vínculo deste calibre. Reeducação alimentar cirúrgica.

Melhor seria ter aprendido a comer sem operar.

sexta-feira, dezembro 03, 2010

Absurdo, Novembro passou

E eu nem postei nada. E eu por aí. Estilo Away de Petrópolis. Vou me esforçar com sugestas de Natal. Aguardem.


segunda-feira, setembro 27, 2010

Viagem a MG, afetividades e lembranças 2/2


O que um homem pode fazer para se destacar da pasmaceira comum do viver?
Amizades, acordos, família, sociedade, clubes, dinheiro, mulheres, trabalho, correção, porres, jantares, almoços, bom gosto, popularidade, mistério, charme, simplicidade, carisma, discrição. Uma lista infinita de gdes incongruências, mostram q se viver não é uma arte, ser lembrado após seu encerramento é.

Meu avô foi um cara correto, nascido no início do século passado, Minas Gerais, filho de imigrantes italianos teve vida dura, daquelas q fazem a gente chorar. Com 12 anos já trabalhava e fazia grana pra dentro de casa com qualificação primária. Casou cedo, viveu seu tempo trabalhando como vendedor itinerante e empreendedor sazonal. Era durão, com código de Samurai. Foi autodidata. Afinal, sem escola era ler o q viesse ou perecer na multidão. Lembro q gostava de um vinho, mas não era festivo.

Morreu em 1985, morou um tempo comigo e com meu Pai. Na fase mais desgraçada da minha vida, a fase em q vc sai de criança pro projeto de gente q se quer ser, sem saber nada do q está por vir. A idiotia mais completa se resume a adolescencia.
Meu Avô foi homenageado pelo poder público da Cidade que elegeu como sua. Como quase toda homenagem, veio muito depois de sua morte. Alegra e reúne familiares e amigos em torno de valores de tempos idos. Resta-nos agradecer este marco as pessoas envolvidas, presentes em corpo e espírito.
Personagens da história de vida de um cara q sabia fazer muita coisa além do esperado.

Obrigado Bruno Bambino!

domingo, setembro 19, 2010

Viagem a MG, Família, afetividades e lembranças 1/2

Entre 9 e 11 de setembro estive em São João Nepomuceno, Roça Grande e arredores. Efemérides e congratulações com Familiares. Lançamento do Livro de Maria do Carmo Sobreira, esposa do meu Pai e inauguração da Rua Bruno Bambino, meu Avô.
Estrada entre Roça Grande e Taruaçu (1)
Estrada entre Roça Grande e Taruaçu (2)
Estrada entre Roça Grande e Taruaçu (3)
Estrada entre Roça Grande e Taruaçu (4)
Estrada entre Roça Grande e Taruaçu (5)

Na falta de coisa melhor segui andando até Ituí caminhando, não conhecia a Cidadezinha. É um passeio bem rústico.
Estrada de Terra Taruaçu-Ituí
Estrada de Terra Taruaçu-Ituí (2)
Estrada de Terra Taruaçu-Ituí (3)
Estrada de Terra Taruaçu-Ituí (4)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (5)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (6)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (7)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (7A)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (8)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (9)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (10)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (11)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (12)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (13)
Estrada de Terra Taruaçú-Ituí (14)


quinta-feira, setembro 02, 2010

Acordei com uma pergunta


Você sente os seus sonhos?
Vou te dizer que sinto
Vou te dizer mais
Vou te dizer que todos sentem
Sentem seus sonhos esvaírem-se
Derreterem-se
Desmontarem-se
Destruirem-se
Só o que sobra é a indiferença
O vazio
O eco
A solidão
por TMB

----------
escrito por mim em um caderno velho. A pergunta continua, pois as respostas não mudaram.

quarta-feira, agosto 25, 2010

Os 10 Mandamentos do Botonista

1 – Não existe regra ruim e sim, opções e gostos diferentes, respeite, procure conhecer e se possível jogar todas elas, mesmo que tenha sua preferência não menospreze as outras.

“FAÇA CRESCER O BOTONISMO”

2 – Seja sempre honesto em qualquer situação, mesmo que não seja favorável a você”

“É MELHOR PERDER HONESTAMENTE QUE VENCER SABENDO QUE ESTÁ ENGANANDO A SI E AOS OUTROS”

3 – Procure saber tudo sobre o tipo de botão com que você joga, principalmente material de que é fabricado, tamanho, ângulo, peso, altura, sua melhor posição para o chute etc.

“SEJA DETALHISTA, SE VOCÊ NÃO CONHECE NEM OS SEUS BOTÕES NÃO PODE CONHECER O ADVERSÁRIO”

4 – Faça do botonismo seu hobby preferido.

“EM QUALQUER CIRCUNSTÂNCIA NÃO TROQUE SEU JOGO DE BOTÃO POR OUTRO ESPORTE”

5 – Zele pelos seus botões, mesmo que outras pessoas os achem feios ou mal feitos, mantenha-os sempre limpos e bem guardados, tenha sempre consigo todo material necessário para limpeza e conservação.

“O IMPORTANTE É SEMPRE TER UM TIME EM PERFEITAS CONDIÇÕES DE JOGO”

6 – Treine sempre, faça o maior intercâmbio possível, não se preocupe com o placar do treino, procure fazer jogadas mais difíceis neste treino para melhor aproveitá-las nas circunstâncias de sua necessidade nos jogos oficiais.

“JOGO É JOGO, TREINO É TREINO”

7 – Controle o sistema nervoso, procure sempre manter a calma, se concentre apenas no jogo e não se influencie com o extra campo ou com a qualidade da bola ou do campo.

“AS CONDIÇÕES SÃO IGUAIS PARA AMBOS E SEU NERVOSISMO SÓ FAVORECE O ADVERSÁRIO”

8 – Procure se concentrar no tempo de jogo, com este treinamento, depois de algum tempo você saberá se o jogo está no fim.

“ALGUNS SEGUNDOS PODERÃO SER IMPORTANTES NO FINAL DA PARTIDA”

9 – Não existe jogo fácil, jogue com a mesma responsabilidade todos os seus jogos, tenha sempre uma tática de jogo para sua necessidade, saiba como jogar precisando vencer, empatar ou até perder.

“O MENOSPREZO AO ADVERSÁRIO É O MAIOR ALIMENTO DA ZEBRA”

10 – Nunca jogue de costas, ou seja, com a paleta voltada para você, dê a volta no campo e jogue de frente, toda jogada é importante, a sua negligência pode causar resultado inesperado.

“NA JOGADA MAIS FÁCIL É QUE SE DEVE CAPRICHAR MAIS”

Se você cumprir à risca estes mandamentos certamente será um grande botonista.

terça-feira, agosto 17, 2010

Empulhações

Vc q está em fuga, assim como eu, escuta muito papo furado de parte a parte. E se for honesto, diferentemente de mim, aceitará tbem o fato de q emitiu e emite balelas, falácias e basófias mundo afora.


Uma mentira de mercado polishop são os exercícios feitos em casa. Desde os tempos da Tia Maricota todo gordo sabe q é só mais um cabideiro estranho, qquer q seja o aparelho de amagrecer. Bicicletas ergométricas, anilhas, bancos, abshapers e tantas outras traquitanas. Tive uma bike ergométrica no meu quarto durante anos, efetivamente ela deve ter cumprido um trajeto de não mais de 3Km neste tempo todo. Acumulou poeira, bolor e foi testemunha de gdes engordamentos.


Numa boa, seus amigos de verdade não querem q vc desapareça, alguns nem mesmo q emagreça. Nào perca contato social. Saia de casa. Mesmo q seja para comer bolinhos. sempre tem amigos pra isso.


Esse papo de emagrecer em casa é uma mentira. Mais um papo de gordo. Se é gordo roots, tem q encarar o mundo e balançar a pança por ai. Caminhar não emagrece, então meta o pé. Na volta pode ate encarar um churrasquinho, sem cocacola por favor.


Outra churumela é o lance do refri diet. Refri NÃO é um genero de primeira necessidade, ao contrário do q se possa crer. Afinal, bebe-se a rodo. No meu tempo de moleque era moeda de troca para tarefas e obediencia, o vinho da festa de pivete. Ainda é assim, só q muito mais contundente. A molecada deve beber um litro de leite para cada dez litros de refri facilmente hj em dia. E as boas mães o oferecem como prova de carinho e afeto, junto com hamburgueres e batatas fritas. Mamãe ama vc querido bolha! As mais variadas formas de receptáculos, ofertam de 200 a 2500ml de refri direto em nossas casas.


Mais roots são os q se negam a beber o diet, alegando ser hipocrisia. Hipocrisia? Nem precisava de tanta sofisticação pra um papo tão besta, quem quer comer melado tem de se lambuzar e assumir a babulagem. Quer mesmo é o rush do açucar.

A velha dieta q começa segunda-feira é mais clássica q piada de portugues com um manoel ou um joaquim. Primeiro, nenhuma jura destas acontece numa segunda mesmo. São sempre frutos de pressão externa e proferidas por conta de uma calça perdida ou como fuga de um interlocutor próximo q se espanta com seu pratinho de 970 gramas no restaurante a quilo. sempre há um final de semana antes desta segunda, nas compras de mercado o capricho em acepipes diet e uma carburada extra nas compras pé de banha style. Afinal, teremos uma despedida. Costelinhas de porco com batata, arroz e farofa. Sorvete de flocos pra sobremesa. Domingo franguinho de padaria, um casal. A pança gorda a arca de noé. Eu fiz isso algumas vezes.


Enfim, diante de tanto papo furado eu e uns amigos estamos pensando num sensacional SPA urbano com sede na Lapa. Será um centro de emagrecimento lento, prazeroso e totalmente analógico. Atividades físicas moderadas como dama, carteado e jogo de dados na pracinha da Cruz Vermelha pela manhã. Caminhada pelos arcos com podrão e cocalight no almoço. Lanche é joelho com cerveja, descanço. Pausa pra escutar vinis anos 70 e 80, tipo Elton John ou Willie Nelson prum agito. A noitinha uma sopa leão veloso e torneio de botão. Antes de dormir coxinha frita com guaravita. Vagas limitadas. Emagrecimento garantido, sem seu dinheiro de volta.

Se vc acha q emagrece fazendo isso seja bem vindo a gordolândia.

sábado, agosto 14, 2010

Nem tanta preguiça assim.



Não são desculpas, eu tenho plena consciência q poderia escrever mais aqui. Eu aliás escrevo, tem uma barrinha linkada ao Twitter aí com minha caroça q é escrito e atualizado diariamente pelo ser q vos fala.

É engraçado como 140 caracteres podem revelar e absolver um bando de pensamentos, funestos ou não. Tem textículos muito interessantes, até mesmo um bom dia pode ter valor.

As vezes posso ser patético mesmo. Esse monte de mídias e possibilidades de comunicação e um bom dia escrito por alguém, sabe-se lá qdo e onde, pode apaziguar.

As vezes é do twitter mesmo o bom dia q lhe cabe deste latifundio.

Escrever lá drena muito da urgencia de fazer isso aqui. Além do mais, após um cursículo de produção de textos em julho com Marcelino Freire , me viciou em escrever MicroContos. Histórinhas com 6 palavras exatas, tudo conta como palavra, artigos, preposições, interjeições tudo. Livre temos o tamanho do Título e os sinais de pontuação.

Tenho achado um tremendo exercício isso. Pretendo escrever um roteiro em unidades de 6. Vai sair. Qdo decupar alguma coisa senão conseguir fazer em 6 palavras, terá de ser próximo a isso.

Voltei as trilhas, mes q vem tem uma bacana prevista pelo TRJ. Pretendo acompanhar.

Tenho cuidado da carcaça, to procurando agora elevação espiritual. Mas é dureza, comprei uma Bíblia e um livro do Bukowski. É isso mesmo, sempre acendo velas aos pares.

Na minha antiga rua, eu moleque fui cortar cabelo sozinho pela primeira vez, minha mãe já tinha partido e meu pai me deu umas pilas para aparar o pelo. Cheguei lá e o velhote com óculos fundo de garrafa fez o serviço de praxe. No final ele foi fazer o pé e vupt, me cortou. Mandou lavar com sabão de côco e depois passar vick vaporub. Receitas do suburbio são assim mesmo. Ele dizia q toda casa tinha, sabão de côco, vick vaporub e uma bíblia.

Depois de muito tempo, minha casa só precisa agora de um pote de vick vaporub.

Sabão de côco sempre tem.

Na falta de coisa nova, sempre resta a tradição.

Poderia estar em Madureira.

segunda-feira, agosto 09, 2010

Paciência


As coisas mudam, se vc se esforça e dá tempo ao tempo.

Isso é papo de velho indolente, de velho que sabe ou apenas de um velho que segue adiante entre erros e acertos. Velho fugitivo não tem direito de ser indolente. Não sou velho nem sábio, devo estar ali na opção três. Todavia confesso que o tal de tempo inflama os ovos. ë dureza lidar com ele.

As vezes eu tenho de contemplar, a figura estática de um quadro pode ser muito prazerosa, mas a realidade fugidia não é. Lenta ela hipnotiza, se movendo quase estáticamente, até o momento do bote, rápido e inapelável. Estar entre o bote e a distancia efetiva entre o contemplativo e o toque.

O tempo é o complicado. A dinâmica toda da vida se relaciona com ele. O tempo dramático, o tempo do riso. Quando é pergunta chave em investigações criminais e entrevistas de emprego. Em pagamentos tbém. Não importa quanto se saiba o quando sempre trás algo desconhecido, ao menos nas questões que realmente interesam.

Quando estarei livre da fuga? apesar de saber, que no meu caso a fuga é eterna, ou seja, esse quando é conhecido, aberto e infinito. Não posso negar que não é satisfatório, quase sempre me aborrece e agora esse limiar de troca de fase me complica a cabeça ainda mais.

As coisas que antes se moviam em matrix inversa, lembram? Eu lento e tudo rapido a minha volta. Agora possuem variadas velocidades, minha e do entorno. As vezes saltam, as vezes travam, mas tbem andam em velocidade normal.

Difícil viver o novo com tantos reflexos do passado. Reflexos vem do córtex profundo, não tenho como racionáliza-los. Ou aprendo a conviver com estas marcas ou elas erodirão e me jogarão morro abaixo novamente.

Meu tempo anda. Nào está mais assim do meu lado como dizia aquela velha canção dos Stones.

sábado, julho 31, 2010

Chatices e Burrices


A verdade é que em algum momento emagrecer vira uma coisa bem babaca. Vc fica abestado consigo próprio, a distancia entre ter boa autoestima e se achar é um cabelo. Reprimir isso faz parte da minha natureza, acho engraçado um cara q como eu sorvia esgoto frito com sorvete e fandangos, hj em dia contar calorias e seguir uma dieta estrita.

Exercícios físicos eu sempre oscilei em fortes atividades e completo ócio. Sempre em cores fortes, sim ou não. Estou há uma gestação em minha academia atual, e tenho tido bons resultados. Estou com uma carcaça organizada, usando calças q nunca vestiria nem a 20 anos atrás. Mas e daí? To mais feliz? To bacana?

As vezes digo sm, com absoluta certeza, outras digo sim com reservas. Sei apenas que não seria honesto negar que a vida esta muito diferente. E isso por si só a torna muito positiva. Tenho preocupações em não virar um chato, um burro ou um estado de superposição destes atributos.

Começando pelo fim, evitar burrice é ler bons textos, andar com gente bacana, ver bons filmes, trabalhar deficiencias no varejo e no atacado. A medida q envelheço estas coisas se tornam mais difícies, mudar sempre é possivel, mas a inércia sempre é gde. Eu gosto de ler, mas nem sempre coisas de qualidade, leio porcarias e coisas maravilhosas. Recomendo os livros da LePM, são edições de bolso de gdes autores, estou numa fase Bukowsky. Dei uma parada e agora estou começando o Livro dos Esnobes do mesmo autor de Barry Lyndon, depois volto com outro americano maldito, Jack Kerouac.

Não ser chato é mais complicado, acredito q a chatice é tanto genotípica, qto fenotípica. De perto, somos todos loucos e chatos, mas a gente pode colocar isso num BG de fundo, deixando aparecer aqui e ali, pois essas coberturas geralmente são feitas seguindo o princípio do cobertor curto numa noite muito fria. Como uma coisa agrava a outra, o chato tem q ter cuidados com as circunstancias e consciencia de sua malice. Em períodos de asa negra, seu carinnho é sua ausencia. Eu sumo tbem por conta disso. Simancol na veia. Na falta de coisa legal a ser dita, chute o pau da barraca ou meta o pé morro acima e presenteie o universo com vácuo de si próprio.

Estou por aí, contem com isso. Não tinha o que falar de bom, preferi ficar calado.

Mas agora falo.

Em agosto vou passar a régua nessa média. Até lá.

sexta-feira, julho 30, 2010

Todo dia ele faz tudo sempre igual

Não morri, nem saí por aí ortogonal a dieta. Aliás, entre vontades e desejos, ainda é maior a vontade de usar uma calça 46. porém, obeso pode evaporar banha, mas obesidade taí pra ficar. Bateu uma preguiça baiana com isto aqui este mes.

Copa do mundo, curso, leituras atrasadas. Até as trilhas deram uma ralentada. A compensação não existe. Apenas rolou um aperto no q desceu goela abaixo e na sudorese de aluguel na academia. RPM Class e ferro pro alto de maneira mais intensa.

Queria manter a média de 7 posts por mes, mas ta complicado. Vou voltar aos videoblogs e até tenho uma ou outra sugestão nova pro cardápio heterodoxo da dieta tosca de TMB.

No mais é muito café com queijo, refrescos, feijões de diferentes cores, legumes e macarrão de arroz. As vezes um barilla, pq ninuem é de ferro.

Sim, na copa torci pelo Brasil, Argentina e Holanda. Fiquei feliz pelo Uruguai. Mas sejamos sinceros, tudo tão mercantilista, tão roteirizado, tão evento q uma semana depois parece q a copa evaporou. Sei lá, tudo tão natural qto um lanche de tang com doritos. Coração velho de guerra se emociona mais qdo sai de 2 aulas seguidas de spinning. To muito chato.

Saudades e agradecimentos.

terça-feira, julho 06, 2010

Vida que segue

Há mais na vida no que a gente possa imaginar. Ampliar este conceito faz parte deste jogo. A magia, o truque é fazer isso acontecer.Alguns buscam nos livros, religião, misticismo, autoajuda, filosofia e tantas outras teorias. Teorias são teorias a prática as diferencia. Essa sim é a gde sacada. Fazer coisas acontecerem com planejamento e tbém sem nenhum. Na prática o truque é agir.
Diferentemente do Drama, nem tudo q acontece conosco tem ligação com o passado. Felizmente, nem tudo é encadeado. Lógico, vc não vira médico de um ano para o outro, mas pode conhecer bastante sua doença e trabalhar por sua cura. Cuidar de sua fazendinha e de mais nenhuma outra.
Se o objetivo é minimizar, somar pode ser acessório. O fundamental pode ser diminuir no lugar de somar.
Uma gde falácia de grupo é a conversa de q cheguei aqui pra somar. Todo mundo encara isso como um discurso positivo. Talvez uma tradição mercantilista, verbos do tipo acumular, somar, agregar trazem calor e romantismo a muitos discursos.
Na fuga da gordolândia o caminho perverte muitas vezes essa noção. Sair de platôs e modorras demandam esforço maior e redução de rangos e calorias. A magia é ter qualidade e energia no rango para a disposição e o esforço se manterem em alta. Enfim, é dureza manter a fuga, imagens duplas e estradas vicinais estão ai ao longo do caminho para distrair e tirar a gente da rota. Manter o olho na estrela e na bussola é o q guia a gente na hora da pancadaria e do embotamento.
sem esquecer nunca que malndragem nesse mundo é viver. Tocar o barco é necessário.

terça-feira, junho 22, 2010

Trilhas Urbanas


Neste final de semana pintou uma caminhada no tempo. Meus amigos fotógrafos organizaram uma tour de imagens urbanas pelo Rio Antigo. Sem dúvidas embarquei nessa e fui caminhar no centro antigo.

Nos encontramos no Arco do Teles, ali o q não falta são fachadas e detalhes arquitetonicos a serem clicados. Pulos no tempo, mistura de estilos e tempos. O Centro vazio é um pouco triste, ainda mais se vc costuma passar por ali durante a semana, apinhado de gente, som e transito. Sobram sujeiras, mendigos e crackheads.

Mesmo assim passamos na câmara dos vereadores, ministério da fazenda, cinelândia com enfase no Theatro Municipal seguimos até a Catedral e ali tem muita cor e luz para serem exploradas. Depois dali fomos a Sta Tereza, escadaria Selaron e uma breve parada no convento. Fechamos nos arcos e depois reposição de nutrientes no Arco Iris da Lapa.

Sempre dá pra exercitar corpo e mente, fotografar e caminhar é uma boa combinação pra isso.

sexta-feira, junho 18, 2010

O Frio, a fome e a preguiça impregnada

O frio é uma bomba pra dieta e exercícios físicos. O rabo pesa e a fome aumenta. A vontade de comer também. A birita e as desculpas gregárias de sempre são temperadas por cerveja bock, vinho e acepipes quentes.

Em época de Copa pior ainda. O pessoal faz churrasco pra assistir qquer Brasil e Coréia. Fritam coisas pra México e Papua Nova Guiné. O que importa é zoeira, pandú estufado e azia no final do dia. Carne com farofa triste e cerveja gelada. A felicidade está logo ali.

Se vc consegue se desvencilhar disso, tem as liquidações das lojas americanas e da casa do biscoito. Um tijolo de chocolate por 4 pilas, compre 3 por 10 pilas. Não há como negar, chocolate acaricia o aparelho digestivo do início ao fim do ciclo. Entra macio como veludo, aquece as tripas e sai com toque de fleece. Chocolate é uma parada sedutora.

O frio as vezes parece q vem anunciando o fim dos tempos, cada vez mais intenso. Para o porco minguante então, as camadas de banha de outrora fazem muita falta. Há dias q nada apazigua a vontade de comer, a perda de calor sem esquecer a preguiça. A cama quente, termalizada a seu conforto, tem a forma da sua buzanfa com precisão nanometrica pela manhã. É hora de levantar e tudo aquilo q não se quer é sair daquela posição.

E se mesmo assim vc sai de casa, chega na academia e começa alguma coisa, depois dos "enta" tudo range. O joelho bichado acusa, um coral de dores do passado, lumbago, bico de papagaio, espinguela caída, tudo geme e se lamenta. Meia hora de esteira ou bicicleta e o suor não aparece. Vc tá com a mesma roupa do dia anterior e nem fedendo vc está. Há q correr atrás do calor e dos maus odores.

No entanto, existem aliados. Chás, sopas e caldos quentes podem e devem ser utilizados em profusão. Café e chimarrão dão coloridos diferentes ao paladar. Além de ajudar na ingesta de líquidos q sempre desepencam no inverno. Chocolates? Bem, o Seinfeld diz q viveria enrolado em veludo se isso fosse socialmente aceitável. O chocolate é quase isso. Pra quem gosta, é uma penitencia negá-lo. Pq não usa-lo como motivador? Barrinha no fim de um dia de missão cumprida, no farnel de trilha de FDS. É o q se pode fazer. É aquilo q deve ser feito. Afinal comer barras e barras de chocolate não é socialmente aceitável, ou é? O efeito com certeza não.

A solução mais drástica neste período pra quem precisa perder peso, tbem pode ser andar por aí vestindo uma camisa da Argentina. Com os teleguiados de plantão periga vc ter de fugir de um linchamento em praça publica ou no mínimo ser atingido por alguns legumes mofados.

Pedala Boludo!

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente