quinta-feira, abril 28, 2011

Cansadinho Introspectivo




Cuidado com a introspecção e a caroça de tédio. Olhar para o horizonte com nada na cabeça não salva ninguém das trevas. Só reclamar da vida tão pouco.
Sem um plano vc não chega lá, sem prática tão pouco também. Mova-se devagar, mas mostre q vc sai do lugar.

Ok, não precisamos acreditar no papo de q o universo conspira a nosso favor, mas tbém alimentar uma teoria conspiratória do mundo contra vc é pretencioso. Num mundo de culto ao cliente, nunca um indivíduo foi tão pouco. É vc com vc mesmo e toque o barco.

Antes ficar de maluco rindo pelos cantos sozinho, que mal acompanhado numa gangue de ladrões de geladeira. Não ando com quem chora por um pedaço de goiabada.

Troque a sobremesa por um copinho de vinho e grite nas aulas de spinning.

Vida que segue.

segunda-feira, abril 25, 2011

Obrigado Pai

Muitas vezes é difícil dizer o qto gostamos de alguém, mensurar algo como o amor ou admiração então, mais complicado ainda. Talvez, fosse melhor apenas declarar q eu amo meu Pai.

Sinto saudades dos tempos de carona no fusquinha bege, meus porques e suas explicações. Resenha dos filmes de sábado a noite, sua companhia em idas a mercado e oficina do Walter.
Todo dia eu deveria agradecer sua amizade, o fato de ser seu filho e tudo aquilo de bom que o Sr. representa.

Obrigado por tudo meu Pai.

segunda-feira, abril 18, 2011

Invente algumas rotinas novas

Domingo é dia de repor o sono perdido durante o corre corre dos dias de semana. Geralmente a gente baba o travesseiro até o bom dia, virar boa tarde. Quebrar a rotina pode ser só acordar mais cedo, ou deixar pra dormir depois e o sábado esticar demais. Sair pra ver o sol, ir a uma missa, fazer uma trilha ou mesmo uma feira. Mudar uma tradição, um hábito, qquer coisa estabelecida não se sabe bem pq ou cheia de motivos é importante.

Uma tradição de domingo tbém é comer mais tarde, as vezes mais longe e sempre além do razoável. A comida seja caseira ou paga, sempre desce mais. A birita, aperitivos, refrigerantes geram arrotos e flatos além do comum, corroendo a camada de ozonio.
Depois de operado eu procuro fugir desses encontros pantagruélicos de família, no primeiro ano não fui praticamente a nenhum. Natal, Páscoa, Anoversários e outras basófias corri de todas. Algumas completamente, outras chegando na hora de que tudo está mexido e remexido. O diabo é apetitoso.
O mesmo tenho feito com meu rango, até mesmo comer de acordo com as sugestões médicas e nuticionais podem ser uma quebra de rotina, para um animal como eu q comia bifes pela manhã. Chás, café e outras beberagens quentes permeiam o dia. tascos de queijo, tubérculos no lugar de pães, tudo isso virou lanche e desjejum. Sempre é importante cultivar uma fome, e matá-la com requintes de crueldade: lentamente. Refrescos gelados, frutas e sorbets são astros frios para dias quentes.

Fazer a própria comida importa, montar a marmita e plantar algo q se coma tbém. Lógico, moro em apartamento, não tenho uma mangueira em casa, mas um pé de manjericão é bem possíel. E com tomate e queijo perfumam um sanduiche besta de queijo branco.

Aprenda alguma coisa, tente começar a ler aquele livro tarugo q custou uma grana q vc nunca consegue terminar, no meu caso MUSASHI. Aprenda um jogo analógico, toque um instrumento, tente se reunir com amigos longe de shopping centers e botecos. Mude o nome de suas refeições, lanche no lugar do almoço, jantar no lugar do café da manhã. Quebre rotinas com coisas diferentes, ajuda.


Use uma camisa diferente, não emagrece mas imprime um estilo. Ou um desejo.

sábado, abril 09, 2011

Dietas e outras idéias heterodoxas

Como a maioria dos gordos que conheço, eu tenho uma vivência com muitas dietas, métodos, drogas, macetes e tantos outros subterfúgios para emagrecer. Conheço outras tantas razões e desculpas para fugir de qquer uma delas.

Nessas horas, horas de desespero, só resta agir desesperadamente. Taí a razão fundamental de fazer a gastroplastia. ser consciente de que perdi do meu corpo. Quero ganhar do próximo.

Cada dia mais, acredito que obesidade é um problema complexo de solução aritmética, gastar mais que eu acumulo, emagrecer é certo. Tudo mais é papo furado.

Nos dias de pouca ação física, a mesa tem de ser frugal, e isso não implica nada sofisticado, daí podemos pensar na dieta trilheira em dias de pouca ação. Feijão cozido, legumes, uma massinha e toque o barco. Queijo branco, café ou chá. Frutas rústicas, aquelas de sacolão: laranja, banana, mamão ou maçã. Compre pouco, a menos que vc esteja proximo ao fim do mundo, não precisa comprar um farnel maior que o necessário para os próximos dois ou tres dias.

Dias em q eu sei q vou me mexer, coloco mais lenha pra queimar, mas reservo o prato de força pro pós-treino, afinal vai que eu não vá gastar minhas energias? Sei que as vezes a preguiça se junta ao acaso e o rabo gruda no sofá. Uma virada no tempo, um filme novo em cartaz e a gente rifa uma ida a academia. Geralmente tomo um açaí no filé na volta da academia. Pães integrais tbém dão o gás, são práticos e lógico, perigosos lido com eles com cuidado. Lógico, q o básico é básico e se mantém.

Trate os acessórios como acessórios, biscoitinhos, chocolates e outros docinhos estão por aí, e sim, as vezes fazem falta, o certo é compensar logo no dia seguinte com algum exercicio realmente forte, qual? aqueles q te fazem suar e perder o folego. Aliás, se fui treinar q eu beije o diabo. Ou eu volto cansado ou simplesmente perdi meu tempo. Nào existe fazer spinning e não ver algum suor no chão depois dos 45 minutos de aula. Nào existe empurrar anilha pro alto e não molhar a camisa de suor. Fedo logo existo.

Em dias de atividade pesada, tudo vai bem, com calma e parcimonia tudo desce bem guiltyfree.

Lembrei de um amigo que dizia que quem descreve bem o que está acontecendo na novela das 8h tá com uma vida social de m#@da. A analogia é clara: preciso encontrar prazeres fora da ingesta, sim há vida fora da lecadô, comer é bom, é gostoso e tal, mas vamos ser claros: há outras coisas na vida. Procurar por elas inclusive, podem ser muito prazerosas. Resgatar amizades, saber q não se tem parceiro qdo paga o goró, q tem amigos pra subir o morro pela vista lá do alto é muito maneiro. Tocar o barco e se mexer. Necessidade.

Sugestão? Sai de casa e vai ver o céu lá fora.

quinta-feira, abril 07, 2011

Gastroplastia: entre a Reeducação e a dieta Romana


Depois de operado e atualmente, metaestabilizado, me sinto mais educado. A tão falada reeducação alimentar chegou. Parida a fórceps, uma vez q o estomago reduzidotem pouco mais de 2 anos de idade, procuro não forçar a barra. Nào q as vezes não fique tentado, simplesmente pq não entra e quase sempre q forço a barra de uma garfada a mais, o empazinamento é certo e daí pro dedo na garganta e o consequente vomito detalhe.

Deixo comida sim, difícil no início passava e achava q era uma condição transitória, mas não, felizmente é permanente. Hábitos de vidas passadas nos empurra goela abaixo um pedaço a mais, uma colherada a mais, qquer coisa além do necessário cai mal, daí pra frente periga voltar tudo.

Com isso tem outro problema, o velho subterfúgio de comer por estar tristinho, carente, alegrinho ou sei lá mais o q acabou, descubra outra coisa, domar a ansiedade sem apelar para comida é uma reeducação continua. Hj em dia gdes aliados são as trilhas e o botão. Andar e dar uns chutes aqui e ali. Ler Bukowski tbém é muito bom, afinal o Chinasky come muito pouco. O problema é entrar numa de porres, mas isso são outros 500.

A páscoa chegando, pretendo passar outra vez sem nada de ovos.

Quem viver, estará vivo.PS: Estamos chegando no primeiro mundo, cada vez mais USA Style. Agora tbém temos Tiros em Columbine.

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente