segunda-feira, junho 22, 2009

Sem Vídeos

Minha camerita esta fora de combate. To em busca de outra para voltar a postar minhas receitas. Aguardem!

Ou não...

Balança em casa

Eu comprei uma balança digital com precisão de 100 g. Com ela posso medir variações de massa antes e depois de barrigar por exemplo. Mais preocupado com meu umbigo, impossível, não talvez apenas o problema de se pesar todo dia, toda hora.

A menos q tenha um vírus no mostrador, ao longo do dia há variações descabidas de peso. No meu caso, de 800 a 1500g. Há q ter sangue frio, se entrar nessa nóia de balança.

O lance é eleger um dia de semana, q por superstição efetiva, jamais pode ser uma segunda-feira, e ai sim verificar as variaçoes de peso na semana.

Eu estava me pesando apenas no consultório do meu médico, a pesagem oficial continuará sendo lá, mas agora posso ter uma idéia melhor a qtas andam a evaporação de bacon.

Arrumei uma infecção na mão, o bom e velho panariço. Nào, não faço cuticula nem nada disso. Dói pacas, a punção será infernal. Me consultei no balcão de farmácia, pomada, band-aid e 4 dias de cefalexina de 6 em 6 horas.

Twitter é coisa do demo!

sexta-feira, junho 19, 2009

Pontos de Vistas, Referenciais e outras mumunhas

Caminhar é muito importante mesmo. Diria necessário mesmo. Uma coisa ruim é ter uma balança em casa, mas isso explico adiante.

Hj em dia a gente senta de tudo q é jeito, sem sentidos figurados ou eróticos, senta pra comer, pra conversar, pra se locomover, pra trabalhar. Outra coisa é ver o mundo enquadrado, Tv's, PC's, Carros e janelas de casa. Andar dá outra perspectiva diante do todo. Vc olha o mundo de maneira mais plena, oxigena os poros e estimula o córtex. O sangue flui nas veias. Depois vem umas dores, mas nada q um advil não melhore.

Outra coisa bacana é se colocar do lado oprimido do pedestre. Como o tráfego é imbecil, aquele desenho do pateta dirigindo vem a mente toda hora. Por 100m ou um sinal mudando de amarelo para vermelho, tragédias não ocorrem por obra do acaso ou incensante trabalho de anjos da guarda acima de nós. A opressão q um busão faz sobre um ford KA não se compara a opressão deste mesmo carrinho sobre um pedestre no meio da rua. Sendo q o parachoque do pedestre é a testa do malandro. Somos imbecis atrás de um volante. Eu sou imbecil qdo dirijo. Uma cidade q nos obrigada a andar de carro não é organizada de maneira inteligente.

segunda-feira, junho 15, 2009

Calorias Naturais

Nào existe alimento que não engorde. Logo qdo alguém fala pra mim q tal coisa engorda, não comunica nada q nào seja óbviamente redundante.

Perdi 54 Kg com exercicios mais q moderados e uma gde redução alimentar. Foram 6 meses desde a operação até aqui. Esta fase no entanto mostra começar a diminuir eficácia. Oxalá existissem alimentos com calorias negativas. Aqueles que vc comesse e a gordura se mandasse. Bem isso não existe, talvez um sanduba com pasta de Diabo Verde ou ácido muriático, acho melhor pensar em outra solução.

Ela existe está aí. Tenis, bermuda e abrigo. Caminhadas e trotes. De graça, na rua, próximo a vc.

Lagoa, Maracanã, Cde de Bonfim. Ruas próximas ou distantes. O q importa é o ritmo e a regularidade. 6X por semana, ao menos 50 minutos. Há que bufar em algum momento, companhias bem vindas, conversa não. Caminhada q funciona vai concentrada no caminho, no tempo e no entorno. Quer conversar volte pro boteco.

A regularidade e a busca por tempos menores, ou no minimo metas é bastante importante.

Chego em casa e boto umas anilhas pro alto, to me qualificando e sem duvidas volto a uma academia regular em breve.

Gde abraço e vamos caminhar!

terça-feira, junho 09, 2009

A gente anda sozinho e acampa com quem interessa

E a maioria do tempo passamos andando ou dormindo. Felicidades, mudanças e outras emoções ocorrem nos acampamentos.

Este FDS eu estive num tremendo convescote. Frio, amigos comensais e muita gargalhada. O convívio foi tranquilo e a ingesta calórica controlada, todavia nem tudo são flores.

No sábado teve jogo do Brasil. Depois de um frio banho de cachoeira, barriga roncando e vontade de ver o jogo, descolamos um restaurante fechado, tradicional, especializado em comidas típicas dos alpes. Cardápio recheado de opções de monotonicas combinações, batatas, carnes, pães e frios. Diante do frio e da fome, pedi uma bela sopa de tomate com creme azedo.

Meus amigos, mostraram suas armas, pediram porções picotadas de salsichões, salada de batatas e chucrute. Brasil jogando bola e pra beber? O bom e velho pão líquido. Garçon prestativo, canônico e engomado. Trouxe minha sopa, perguntou o q eu gostaria de beber, no momento que rejeitei a taça de beber cerveja. Pedi um mate e daí pra frente não fui mais ouvido. O jogo começou.

Eu terminei minha sopa e o jogo já estava um a zero. Negociamos uma mesa melhor, pedi mais um mate e fui ignorado. As cervejas se acumulavam para além das tres unidades. O papo tava indo, resolveram pedir mais uma tábua de frios. O jogo já ia 2 a 0 na transmissão do Uruguai.

Chegou a tábua de porquinhos mumificados em diferentes rituais. Embutido fresco é feito com porquinhos esquecidos pelo tempo, com temperos gostosos e muito formol. Fim do primeiro tempo, 2 a 0 Brasil e Uruguai. Outra cerveja na mesa e nada de mate.

O cara na mesa q nào pede alcool perde um pouco da moral, se não come carne aí é dureza. Sem respeito. A tábua de frios, a cestinha de pães, outra cerveja. Começa o segundo tempo. Só um guerreiro continua mastigando, os demais só engolem. Viro um copo vazio esperava alguma umidade. Brasil 3 a 0. Pedimos a conta.

Minha vingança, coloquei 20 pilas com gorjeta do garçon e taxa de amizade á mesa. Dez por cento do total. O pão liquido sempre é muito mais caro que bisnaga.

Na volta pra casa, bebi algo já pago e bola pra frente. Nào se pode ganhar o tempo todo, mas da pra economizar uma grana. No fim do dia, a gente acaba empatando essa sensação de ser idiota por não beber, ou por gastar com alcool. A felicidade aditivida ou não, custam o mesmo no fim das contas. Rir com a rapaziada não tem preço. O resto a gente pode pendurar.

quarta-feira, junho 03, 2009

Dá para acampar acompanhado?

Eu moro sozinho. Tenho vantagens diante de algumas pessoas em condição semelhante a minha. Condição de operado e obeso crônico. Eu compro comida para mim, preparo e me sirvo. Enfim, tenho um bom controle sobre aquilo que desce goela a dentro. sempre tive, cheguei ao IMC 57 com essa prerrogativa.

Agora, quase 6 meses depois, começo a ser inquirido por pessoas próximas a mim e a minha famíla, sobre o procedimento. Cada vez mais. Os resultados positivos atraem esta conversa, e não me nego a ela. Qdo digo minha rotina, muita gente torce a cara e argumentam, entre outras, a impossibilidade de seguir uma dieta por morarem com outras pessoas.

A menos que vc seja um ganso em uma fazenda produtora de patê, ninguem irá colocar um funil em sua boca e te entupir de comida. O que desce goela abaixo é de responsabilidade pessoal e intransferível. Lógico, entendo que as motivações a este ato podem ser manipuladas pelo entorno, uma visita trazendo bolinhos, amigos no boteco, ansiedades, madrugadas solitárias enfim... No entanto, tbém não podemos negar q o último ato, a bocada no quitute, é pessoal. Vc pode escolher sempre não comer. E vamos combinar q a operação é uma tremenda ajuda, um polenguinho com um cafézinho valem por uma refeição. Seguram a onda muito bem. A parte mecanica do comer ta garantida. Manter a mente dura é q são elas.

Entendo tbém que isso é bem complicado, nos ultimos 2 meses eu alarguei meu cardápio e estou novamente reduzindo-o. Anexei coisas que me trazem muito prazer, desceram muito bem, mas evidentemente atrapalharam o meu processo, açaí e chocolate. Entre o terceiro e o quarto mês foi o período q mais voltei a comer na rua, o quarto mes foi o q menos evaporei bacon. No quinto reduzi muito a ingesta de açaí e chocolate, voltei a perder mais de 6Kg por consulta.

Descobri outras maneiras de comer coisas geladas parecidas com sorvete ou açaí, congelo frutas menos calóricas, como mamão com manga, kiwi, morangos e banana. Batidos com um pouco dágua, leite ou suco de laranja, satisfazem minha tara por sorvetes. Chocolate é esquecer e se satisfazer com granola em barra e os resultados do emagrecer. Não é o mesmo, mas um café ajuda.

Moro sozinho, mas ando por aí, visito parentes e amigos, convivo e tenho q ser pleno socialmente, ou seja, tenho de frequentar mesas e compartilhar refeições. Acampo acompanhado, com meu soldo tenho de regular o q desce goela abaixo. Resistir e manter a mente afiada é uma necessidade, é vital.

Vida que segue.

terça-feira, junho 02, 2009

Stay Clean, just one more day

Mantenha-se limpo, só mais um dia. Lema adicto, q serve totalmente a minha condição. Há dias q a vontade de comer passa do razoável. Já não tenho gdes limitações com meu estomago pequeno. Nào passo mal por conta dele já a algum tempo. No entanto, tbém procuro evitar gdes testes. Por exemplo, recuso toda e qquer fritura. Assim parece fácil dizer, mas qdo se está com os amigos e uma bela porção de bolinhos de bacalhau aparecem na mesa, digo é dureza. Álcool nem pensar.


Na noite, tomo chá gelado, chupo bala halls e tenho barras de granola nos bolsos. Se a polícia me pegar sou detido por excesso de caretice. As vezes até incomoda um pouco, mas os resultados ajudam.

É bom nestas horas estar com amigos e gente q apóia, pq as vezes a sensação de bundamolice é enorme. Eu nunca fui fumante, cigarros não me atraem. Algumas ilegalidades, sim mas mente aguda é necessidade, logo podem tirar sangue e urina q nada encontrarão.

Não abro mão de todo resto, o rolé é preciso.

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente