segunda-feira, maio 31, 2010

Diabinho Noir e o lado escuro da calçada

Eu me amarro em filme mudo, anos 10 e anos 20. O cinema ali se mostra inteiro como linguagem, chegando a ter diálogos mesmo q sem o tal do som direto. A criatividade e a técnica trazem a brincadeira tecnológica ao status de Arte em pouco menos de 30 anos.

Tenho andado por aí com meus amigos ou em missões mais solitárias para além das trilhas. Ver um showzinho, reuniões, expedições em shoppings e restaurantes. Tudo território inóspito, campo minado prum gordo consciente de sua condição impermanente de emagrecimento e dieta em modo contínuo.

A vida lá fora segue sem a gente, ela não espera, ela segue na batida e na pressão de todo Santo dia.

Assim como segue a vida, as emoções e seus estados estão aí. Num dial q nem sempre temos controle, sentidos e sentimentos estão para serem sintonizados e transformados em energia de movimento e frenagem. Sem juízos de valores, apenas associo alegrias a conjunto e ebulição e a tristeza a alguma introspecção, isolamento e uma certa friagem. O acaso está aí pra mexer a vontade neste dial e na sintonia destes estados de emoções.

Há uma necessidade humana de desenvolver anticorpos ao acaso e suas armadilhas. Dispositivos, maneirismos e outros artifícios racionais ou instintivos, todos cedo ou tarde sucumbem diante da força do acaso. Consciente e atento a isso o negócio é tocar o barco sabendo q tanto qto cumprir a missão viver é preciso.

Parte da guerra se vence sabendo um pouco dos caminhos e da tropa com q se anda. Dos caminhos temos de nos preparar, pois nem sempre temos como saber a priori as curvas e retas q o compõem. Já a tropa não, vc pode muito bem estar com quem é interessante, necessário, amigo sei lá enfim, a seleção é muito mais próxima a vc e seu controle.

Este FDS foi um bom exemplo de q mesmo de estomago cotó e dieta, podemos encarar toda missão q se apresente.

Começou com a queda do planejado. Eu e mais dois guerreiros iríamos aproveitar a lua cheia pra um pernoite fotográfico na Pedra do Sino. A chuva inviabilizou a viagem.
Sexta acabamos nos reunindo no Heavy Dutty, um antro de música underground e cerveja. Não fumo e não bebo, mas inexplicavelmente curto a atmosfera e principalmente a musica q rola nestes cantos obscuros. Ver uma banda sem nome, contemplar uma certa malandragem pode soar estranho, mas me ajudam a seguir adiante. Onde quer q seja esse a frente.

No sábado a noite, ja agendada fazia algum tempo festa a fantasia do TrilhasRJ, preço único birita e comida regadas. Tudo o q vc quer ouvir em dieta livre. Coisa q nunca mais, dureza mas verdade, vai rolar no meu endereço. Livre só a força de viver e correr atras de uma tocada mais feliz de vida. Isso tem rolado, a troca vem sendo mais q justa. Ta fazendo parte da vida adulta, compreender q não ter tudo o q se deseja esta muito longe de um estado de infelicidade.

Admitir q as vezes, pode ate rolar um certo banzo de vidas passadas, com alimentação desregrada e destilados. Vidas estas q me conduziram a um estado de prémorte e miserabilidade em exílio social, trocadas por uma maior atenção a mim mesmo é uma boa troca.
Sim, as vezes a bola baixa mesmo, o capetinha aparece em forma de aromas e vontades inexplicáveis, quero bife com queijo e cocacola, uma dose do velho Jack. Poderia ter, mas prefiro pensar q agora ainda não é a hora. Depois q a bola sobe a meia altura, fica facil ver q o mais acertado é se manter forte qdo livre das tentações e rir muito delas para negá-las em momentos mais frágeis. Escolhas podem ser dificultadas pelo acaso, mas nem todas podem ser ditadas por ele. O q se come, o q se bebe e pricipalmente com quem se anda, pode ser muito bem controlado por alguem com polegar opositor e megaencéfalo superior desenvolvido.
É isso aí.

Um comentário:

VERA disse...

Quando você diz "compreender que não ter tudo o que se deseja está muito longe de um estado de infelicidade", me faz pensar nas coisas que realmente importam prá mim, independente de tudo que tenho sofrido nestes últimos anos. Longe de mim o papel de vítima, não me cai bem. O que desejo é ser feliz. E isto eu só consegui, quando percebi que felicidade não vem de fora prá dentro. O caminho é exatamente o oposto. Me delicio com os amigos, o cinema, o papo sério, as gargalhadas que gosto de dar, as brincadeiras que faço comigo, sozinha, em frente ao espelho. Amizade é um presente, e eu adoro isso. Quando falo de amizade, falo de sentimento, independente de laços de sangue. Meus irmãos são os melhores amigos que tenho. Conquistamos este sentimento no dia a dia, conversando, discutindo, se ajudando mutuamente e, principalmente, rindo muito junto, falando muita abobrinha. É uma pena que você não se lembre de Vera, moradora de Botafogo, que você não vê já faz um tempo. Mas não faz mal, eu me lembro bem de você. Figura: inteligente, gentil, sensível (mesmo tentando disfarçar)e muito charmoso. Quem sabe um dia você se lembre, né não?
Beijos,
Vera

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente