quinta-feira, maio 21, 2009

Radical

Este ano mudei minha alimentação radicalmente. Com ela, outras tantas coisas estão indo a reboque. Consegui trocar meu carango, arrumei a casa, revi minhas roupas e to atrás de mais mudanças. Tenho tentado levar uma vida mais cool. Tenho visto a rua. Tenho rido mais. Sem fanfarronices.


Acho engraçado como as pessoas se interessam por minhas mudanças. Eu era muito mais transparente com IMC 57. No meu prédio, agora as pessoas falam comigo, conhecidos de outrora falam do blog, das minhas fotos no orkut ou qdo me encontram por aí e rola uma conversa.

O papo sempre gira entorno da operação, muita gente conhece alguém que precisa ou realizou o procedimento. Rolam perguntas em torno do cotidiano, do q se come, do q nào se come. A maioria torce a cara, acha complicado. Querem saber qdo vou voltar a comer normalmente.

Nunca comi normalmente na minha vida. Se alguma coisa está normal hoje em dia, esta coisa é minha alimentação.

Há privações? Sim, como não haver? A maioria delas acontecem nas madrugas. Pizzas e sanduíches ainda provocam sim. As coisas fritas, salgadinhos de forno, na madrugada cantam Enya para mim. Por isso prefiro o vínculo de não comer coisas de padoca.

Apesar de comer muita carne em vidas passadas, pães, bolos e biscoitos são os mais perigosos. São fáceis, garantem um improviso de 5 minutos. Era impossivel comer só um sanduba, ou só um salgado. Vc anda na rua e sempre tem onde comer. É ridiculamente mais facil comer um salgado com refresco q uma maldita maçã no Rio de Janeiro.

Outra coisa que dá força na hora da fome é focar em comer em casa. Existem várias vantagens em comer em casa. A comida em casa já está paga, não está pronta na maioria das vezes. Sempre demanda uma atenção, o q vai goela abaixo na rua é mais caro, mais fácil e gasta menos energia. Logo engordam mais.


Mastigar mais é muito importante, aumentar o numero de mordidas, implica em pedaços menores. Uma empada tem q ser muito valorizada.

Outra dica doida é a coisa cara. Coma coisas caras. se for tomar café, que tal Starbucks ou Kopenhagen? Esta semana almocei uma empadinha com um café na Colombo. Quase 7 reais. O lugar é lindo, viajei em cenas do passado naquele centenário estabelecimento.

Depois voltei pra casa de Metrô. Andar é básico.


To legal, e nem tão radical assim. Apenas não to nem um pouco afim de mudar minha trajetória dentro deste processo de encolhimento de pança.

Bola pra frente!

3 comentários:

Anônimo disse...

Fico MUITO feliz por vc, menino!!!
É isso aí... nada como vencer as tentações!!
Grande beijo!!

Andréa Bacellar

Debi Reis disse...

Tulio, vc esta sempre duvidas mais aberto e a troca vai ser com certeza maior...ha os curiosos e tb ha aqueles que so estao sendo atraidos pela sua nova e boa energia...nada que nao fosse diferente antes, porem agora existe o canal da troca...aquele cantinho que esta mais aberto, um beijinho...as coisas tao comecando a encontrar seu lugar por aqui tb e nao esqueci de suas gemas artisitcas nao...estao aqui proximas do momento certo, beijos, debi

Anônimo disse...

Esse seu comentario foi perfeito!
Me enquadrei em todas as linhas escritas!
Abç

Alexandre "jaba" (orkut)

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente