quarta-feira, junho 03, 2009

Dá para acampar acompanhado?

Eu moro sozinho. Tenho vantagens diante de algumas pessoas em condição semelhante a minha. Condição de operado e obeso crônico. Eu compro comida para mim, preparo e me sirvo. Enfim, tenho um bom controle sobre aquilo que desce goela a dentro. sempre tive, cheguei ao IMC 57 com essa prerrogativa.

Agora, quase 6 meses depois, começo a ser inquirido por pessoas próximas a mim e a minha famíla, sobre o procedimento. Cada vez mais. Os resultados positivos atraem esta conversa, e não me nego a ela. Qdo digo minha rotina, muita gente torce a cara e argumentam, entre outras, a impossibilidade de seguir uma dieta por morarem com outras pessoas.

A menos que vc seja um ganso em uma fazenda produtora de patê, ninguem irá colocar um funil em sua boca e te entupir de comida. O que desce goela abaixo é de responsabilidade pessoal e intransferível. Lógico, entendo que as motivações a este ato podem ser manipuladas pelo entorno, uma visita trazendo bolinhos, amigos no boteco, ansiedades, madrugadas solitárias enfim... No entanto, tbém não podemos negar q o último ato, a bocada no quitute, é pessoal. Vc pode escolher sempre não comer. E vamos combinar q a operação é uma tremenda ajuda, um polenguinho com um cafézinho valem por uma refeição. Seguram a onda muito bem. A parte mecanica do comer ta garantida. Manter a mente dura é q são elas.

Entendo tbém que isso é bem complicado, nos ultimos 2 meses eu alarguei meu cardápio e estou novamente reduzindo-o. Anexei coisas que me trazem muito prazer, desceram muito bem, mas evidentemente atrapalharam o meu processo, açaí e chocolate. Entre o terceiro e o quarto mês foi o período q mais voltei a comer na rua, o quarto mes foi o q menos evaporei bacon. No quinto reduzi muito a ingesta de açaí e chocolate, voltei a perder mais de 6Kg por consulta.

Descobri outras maneiras de comer coisas geladas parecidas com sorvete ou açaí, congelo frutas menos calóricas, como mamão com manga, kiwi, morangos e banana. Batidos com um pouco dágua, leite ou suco de laranja, satisfazem minha tara por sorvetes. Chocolate é esquecer e se satisfazer com granola em barra e os resultados do emagrecer. Não é o mesmo, mas um café ajuda.

Moro sozinho, mas ando por aí, visito parentes e amigos, convivo e tenho q ser pleno socialmente, ou seja, tenho de frequentar mesas e compartilhar refeições. Acampo acompanhado, com meu soldo tenho de regular o q desce goela abaixo. Resistir e manter a mente afiada é uma necessidade, é vital.

Vida que segue.

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi...

Tem um bom tempo q nao deixo um comentario, porém nunca deixei de ler. Fico feliz , por ver c vc tá conseguindo se socializar c seus amigos , ainda q tenha este diferencial: estomago pequeno. Isso é bom , sei q deve ser importante , mesmo pq ninguém tem nada a ver c sua mudança de hábitos e tampouco os demais tem q "pagarem" por isso de alguma forma. Acredito q privar-se de certos eventos gastronomicos no início do tratamento, é preciso devido ao passado nao tão glorioso...

Qto ao sucesso é algo visível e notório em vc. Dar palavras pra akeles q querem saber...confesso q nao sou adepta dar maiores informações p qq um. Pode parecer arrogante, mas nao tenho a menor paciencia pra certas especulações da minha vida. Seguindo sempre uma idéia shakespeariana :"Dê a todos seu ouvido mas... a poucos sua palavra" ...

Isso é tudo...

Aw sim , como sempre digo pra vc: Parabéns e continue assim , gafanhoto.

bjs ( suzaninh@)

Anônimo disse...

E afinal de contas, há de se ter vida social e aparentemente a regra básica é que viver em sociedade significa viver em torno da mesa, ao menos na minha família a coisa gira assim. Toda reunião traz consigo um novo desafio então, supere-o. Gostei mto da sua atitude.
Sempre um texto interessante de se ler!! :D
Bjoo, Nathara.

bianca disse...

vou me espelhar em vc, meu caro.
quando vc disse que alargou o seu cardápio e precisa voltar a reduzí-lo pensei "é exatamente isso que eu preciso fazer" ;)
beijão,
bianca

Fina Endor disse...

Acho que esse é mesmo um dos 'insights' que vêm com o emagrecimento: escolhas e consequências. O espectro de prazeres aumenta e vc começa a pensar se comer tal coisa vale ou não a pena. O prazer de ficar magro é maior e mais duradouro do que o de comer chocolate? Concordo com vc que é, portanto, deixemos o chocolate. E essa é uma decisão feliz porque vc está bem consigo mesmo.
;-)
beijo,
Renata.

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente