segunda-feira, janeiro 24, 2011

Quer emagrecer jogando botão?

Pra começar o que é botão?
Bem, botão era um jogo de infância que aprendi a gostar com meu tio, com ele dei as primeiras palhetadas na mesa de fórmica na casa de meu avô. Uma autentica pelada, um time partido ao meio, acho q estrela, duas traves e goleiros com hastes plásticas, uma palheta repartida a cada jogada. De lá pra frente, olhinhos, galalites, duplos, simples e muitos nomes de craques recortados em escalações de jornais, goleiros de caixas de fósforos e logico mesas genéricas fabricadas, artesanais ou mesmo improvisadas. Torneios, amigos, rixas, campeonatos e partidas memoráveis. Zico contra Zico, Titas, Adílios, Ziza, Dirceu, Abel, Peu, Roberto Dinamite entre outros. Acho q o pessoal quarentão tem no jogo de botão gde nostalgia. Naquela época o Atari era pouco mais q um videojogo e o futebol na tela nada sedutor.

A Adolescencia chegou e aos poucos o botão foi saindo das atividades de fim de tarde, pouco a pouco amigos se separaram. Trabalho e Vestibular. Aquela lata foi pro fundo do armário.

Nunca me desfiz de minha mesa, tenho até hj meus pequenos craques de galalite. Ano passado, redescobri o jogo de botão. Fez parte de uma celebração com um pequeno grupo de amigos, em torno de uma mesa artesanal jogos no lounge de um estúdio musical.

Uma coisa q sempre foi complicada no jogo de botão foram as regras, a mesa, os disquinhos e ate mesmo goleiros parrudos ou esqualidos, nunca foram gdes obstáculos para um congraçamento de vizinhos. No entanto, cada núcleo possuia sua regra. A bola, melhor o dadinho ou a pastilha ja era o começo da confusão. Não seria diferente num revival. Eu cresci jogando com bolinha de war, hj a dita pastilha, mas neste retorno, fora de casa, o jogo do visitante é imposto pelo mandante. Comecei a jogar com a bola quadrada.
Como bom compulsivo, entrei nessa de jogar e conheci outros fanáticos pelo jogo. Resolvi aprender uma das ditas regras oficiais, dadinho 9X3 regras e protocolos são fundamentais para qquer jogo. O jogo competitivo implica sempre jogar no limite dela, conhece-la e ser hábil em seus vínculos fazem parte do caminho da vitória. Depois de filosofar, por agora q tenho tido alguma flexibilidade dentro dos princípios do jogo, mas as vitórias... voltei pra faixa branca, raras vitórias muitas derrotas e espancamentos em cada torneio. Faz parte do jogo perder, mas enche o saco.
Ainda dentro deste aprendizado, depois de um bom tempo, voltei a entrar num clube para assistir uma competição. Um campeonato de botão, fui acompanhar a equipe da ASBAC de futmesa, meus novos amigos q pacientemente vem me apresentando este novo velho jogo.

O campeonato é frenético, 12 equipes com 4 jogadores cada, se enfrentando em turno e returno. Todos contra todos. Empate não vale nada e vitórias contam 1 ponto. Dois tempos de 7 minutos.

A primeira coisa q se nota é a autogestão do jogo, não tem juíz, o dado do jogo é acordado entre os jogadores e na gde maioria dos jogos vale o pediu levou. A dinamica da regra tbem ajuda este cavalheirismo. Mas não dá pra negar q em uma competição, ganha quem usa a regra no limite. Tática e psicologia tbém fazem parte.
Estive presente nos dois dias de torneio. Fiz fotos e estou pensando em fazer um doc sobre o jogo, lógico q com viés muito diferente de um mero institucional sobre o mundo dos botões. Por enquanto tenho treinado uma virtude necessária ao jogo a paciência.

No mais é isso aí. O ano começou.

PS: Emagrecer jogando botão? Sem chance.

2 comentários:

Anaquim disse...

Túlio, tu tá muito bem, cara! Bjos!

Anja da Lua disse...

Ótimos tempos os de antigamente, ainda lembro os grandes almoços em família em que após a sobremesa o jogo de botão era a disputa entre os jovens e a velha guarda. E quem tinha o time mais bonito e impecável, com direito a goleiro "embecado" e tudo mais... Parabéns Sequinho, por reviver esses momentos maravilhosos. Beijos

TopBlog 2013

Gente que vai, gente que vem

Partizan FK do Andaraí

Partizan FK do Andaraí
Meu time de botão.

Pedra da Gávea 2011

Pedra da Gávea 2011
27.03.2011 powered by TRJ

Contadores do Obesity Help

Caminhando em 2010

Caminhando em 2010
Morro dos Cabritos - 9.01.2010

Flag Counter

free counters

Grutas em Maricá

Grutas em Maricá
20.01.2010

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ

Alto Mourão - Parque Nacional da Tiririca - Niterói/RJ
31.01.2010 - Alto Mourão - Niterói/RJ

Armadilhas Orais

Margarinas, biscoitos, salgadinhos, sorvetes: esses alimentos são ricos em gordura hidrogenada, portanto, aumentam o colesterol ruim e diminuem o bom colesterol (que protege as artérias). Pele de aves, bacon, toucinho, gordura aparente das carnes: esses queridinhos do paladar masculino são ricos em gordura animal. Por isso, aumentam o colesterol e podem prejudicar a saúde cardiovascular. Café ou chá preto em excesso: pensa que só porque está colocando adoçante tudo está salvo? Essas bebidas contêm cafeína, que podem, em altas doses, favorecer o aumento da pressão arterial e dificultar o sono, além de provocar dor de cabeça em indivíduos sensíveis. Temperos prontos: esse ingrediente contém glutamato monossódico e conservantes que, se consumidos habitualmente, podem sobrecarregar a função hepática. Açúcar simples e doces: eles aumentam a glicemia e podem, no futuro, alterar a ação da insulina e serem uma das causas de síndrome metabólica (conjunto de doenças que aumentam as chances de doenças cardiovasculares). Alimentos industrializados e conservas: esses alimentos ou petiscos podem aumentar a pressão arterial, além de outros males à saúde, dependendo da opção, pois são muito gordurosos. Embutidos: os embutidos (salsicha, linguiça, salame), além de serem muito salgados e gordurosos, contêm nitrato na sua composição e essa substância pode causar enxaqueca. Bebidas alcoólicas: ninguém está te proibindo de tomar um copinho ou outro de vez em quando. Mas o hábito sobrecarrega o fígado e pode prejudicar, inclusive, a função cerebral. Frituras: principalmente as que comemos na rua, como pastel, você deve deixar de lado. O óleo é reaquecido diversas vezes, podendo causar a oxidação da gordura, o que é prejudicial para a circulação sanguínea. Isso não significa que em casa está liberado. Evite! Refrigerantes: essas bebidas, mesmo as que não têm açúcar, não são uma boa opção. Eles possuem muitos conservantes, corantes, estabilizantes (e alguns, também, adoçantes). Essas substâncias sobrecarregam o fígado para que sejam eliminadas. Além disso, alguns possuem cafeína também.

Diga não a NanoFobia

Diga não a NanoFobia
Adote um anão

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG

Carnaval 2010 - São João Nepomuceno/MG
Cachoeira da Fumaça - São João Nepomuceno/ MG - Carnaval - 12-16/02/2010

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá - RJ/RJ

Parque Estadual da Pedra Branca - Jacarepaguá  - RJ/RJ
Travessia Pau da Fome/ Camorim - 1/05/2010

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ

Peito do Pombo - Barra do Sana - Macaé/RJ
Powered by Trilhas RJ - 15 e 16 de maio de 2010

Travessia Tijuca X Jacarepaguá

Travessia Tijuca X Jacarepaguá
Powered by Trilhas RJ - 8.8.2010

Blog do FutMesa Dadinho do Mecão

Dicas para uma dieta bacana

Comer bem não significa viver à base de produtos light e diet. Uma alimentação saudável contém mais produtos naturais e menos industrializados. Deve ter mais variedade e menos quantidade.

- Ficar muito tempo em jejum trava o metabolismo. Sem energia, o organismo passa a poupá-la. Alimentar-se a cada três ou quatro horas (cinco a seis refeições ao dia) é essencial para ter disposição e saúde e também para emagrecer.

- Começar o dia tomando café e se alimentando com carboidratos (como pães e frutas) é uma opção inteligente porque esse nutriente é fonte de glicose e energia. O cérebro só se abastece de glicose.

- Ao meio-dia, é estratégico comer proteína (carnes). Devido às suas propriedades nutricionais, o alimento evita a sensação de sonolência após o almoço. À noite, ao contrário do que pregam muitas dietas radicais, os carboidratos são opção porque estimulam os hormônios do sono e do bem-estar.

- Preparar-se para fazer lanches entre as refeições é simples. Não é motivo de vergonha levar um sanduíche com pão integral ao trabalho. "Na hora da fome ninguém pensa e, sem nenhum alimento saudável à vista, é mais fácil se render às guloseimas", diz Tatiana.

- A proteína do soro do leite (whey protein) pode ser introduzida sem medo na alimentação. É um produto industrializado, mas de alto valor biológico (150%) e de fácil digestão.

- Para conquistar uma vida saudável, combine alimentação equilibrada com a prática de exercícios físicos.


As dicas são da nutricionista Tatiana Ferraz, de São Paulo para o blog Missão de Peso

TwitPic

Blogs Chapa Quente